Início Crônicas TENTE EXPLICAR SE FOR POSSIVEL

TENTE EXPLICAR SE FOR POSSIVEL

por @CSFC

Você sabia que na eleição passada o STE – Superior Tribunal Eleitoral anulou cerca de 7 milhões de votos? E observem que o voto não era impresso, pois caso fosse poderia se explicar que esses milhões de eleitores de alguma forma não conseguiram expressar sua vontade ou simplesmente marcaram sua intenção de forma incompreensível. Mas, o voto foi eletrônico e você eleitor de forma digital conseguiria na urna eletrônica errar, a ponto de seu voto ser anulado?

Observe que as opções além da escolha de candidatos só lhe davam oportunidade para nulo ou Branco nessa arapuca chamada de urna eletrônica. Como então se explica que sete milhões conseguiram esse milagre?

Não se trata mais de suspeita, mas sim de constatação que se não houvesse essa fraude o atual presidente seria eleito no primeiro turno. Ou alguém tem dúvida?

Só mesmo na cabeça do Ministro Barroso cabe dar uma explicação lógica para esse ato criminoso, essa fraude maliciosa que mesmo executada não conseguiu impedir que o atual presidente fosse eleito.

Esse é o tamanho do problema que iremos enfrentar nas próximas eleições mesmo com a presença de observadores militares. As arapucas podem estar previamente preparadas para a fraude. Motivo esse com que esses ministros contam como a falácia de que são inexpugnáveis. Negam-se a permitir o voto impresso aditável, pois teríamos a oportunidade de conferencia imediata entre o voto digital e o físico impresso.

Mesmo que consigam burlar novamente esse sistema, difícil vai ser explicar para o povo que foi maciçamente às ruas em 7 de setembro e no 1º de maio, que sua vontade espontânea foi suprimida e alterada.

Porém, só nos resta comparecer à frente da arapuca em outubro e observar o resultado da eleição. Considerar também que se tiverem a coragem para tentar repetir a dose, qual será a reação do povo brasileiro.

Não somos cordeiros! Somos brasileiros conservadores e patriotas e pretendemos banir no país qualquer ato de corrupção, a qualquer preço.

Guto de Paula

related posts

Deixe um comentário