Início Crônicas QUEDA DAS IMPOSIÇÕES

QUEDA DAS IMPOSIÇÕES

por @CSFC

Existem algumas perguntas que acabam surgindo, cujas respostas além de não convencerem se tornaram inócuas e inúteis. Quando os poderes constituídos não só no Brasil, mas na maioria dos países resolveram tirar proveito de uma pandemia, foram estabelecidos rígidos sistemas de controle social.

Em países dominados por tiranetes, déspotas e ditadores essas medidas foram aceitas com a naturalidade de sempre. Todavia em países “supostamente” democráticos esses controles sociais não surtiram o efeito necessário. Primeiro pelo tolhimento coletivo da liberdade de ir e vir, segundo por desrespeitarem a própria Constituição (no caso do Brasil), terceiro pela frágil concepção que esses protocolos conteriam o tal vírus.

Surgiu então a reflexão entre os que exercitam seus neurônios e os que não sabem para que eles servem. Movidos pelo pavor, influenciados por uma mídia alarmista, pressionados por um controle social absurdo em nome de medidas sanitárias de duvidoso sentido, chegaram ao limite da estupidez quando aceitaram a determinação proibitiva dos tratamentos precoces.

A Ciência passou a não ser mais desenvolvida por pesquisadores e médicos, mas sim por repórteres, ancoras e cronistas a serviço de políticos corruptos que se valeram da pandemia para enriquecerem, ainda mais. Pessoas morreram à mingua e outras enriqueceram do dia para a noite.

As cobaias hoje são humanas. O vírus, já se tem suspeita, não era tão letal como o propagado, mas serviu para inúmeros propósitos controladores. Sofremos o primeiro teste genocida da temida guerra bacteriológica, “Made in China”.

Agora que a fumaça do terror está se dissipando, caem os controles, as máscaras, os protocolos absurdos e a razão vagarosamente se estabelece. A Mídia mostrou sua força, os políticos seus poderes controladores, os laboratórios farmacêuticos a capacidade de produzir drogas experimentais e depois disso tudo, nada será como antes.

Nunca tantos pensaram mais na morte que na vida. Seja por isso que se submeteram passivamente a todos esses absurdos controles sociais.

Guto de Paula

related posts

Deixe um comentário