Início Crônicas O “X” DA QUESTÃO

O “X” DA QUESTÃO

por @CSFC

Em países desenvolvidos os governos primam pela educação desde as séries iniciais. Entendem que a base bem construída fará no futuro, a grande diferença. Lá não se tem acesso ao Curso Superior pela cor da pele, mas sim pela competência e pelo conhecimento. Na sua grande maioria são instituições particulares e o ensino além de tudo é caro. A opção por cursos técnicos não é uma forma de exclusão, mas sim a opção dos que não alcançam níveis aceitáveis de conhecimento.

O destaque alcançado por estudantes no curso médio pode redundar em um convite com direito a bolsa de estudos em universidades famosas. Esse destaque também é reconhecido pelo esporte de alto nível que também confere ao desportista estudante, benefícios idênticos. A grande maioria das Medalhas Olímpicas são naturalmente amealhadas, pelos países que aliam o conhecimento ao esporte em valorização harmônica.

No Brasil, que tem adotado o modismo educacional no estilo Paulo Freire tem apenas produzido analfabetos funcionais. Não conseguem competir em um mundo infestado por tecnologia de ponta que busca cada vez mais, resultados rápidos e considera a produtividade como meta a ser conseguida.

No Brasil, professores recebem do Governo Federal aumento considerável no Piso Salarial e govenadores, prefeitos quando não pretendem serem “os pais da criança”, alegam que não receberam repasses para tanto. A mesma pratica da política suja e criminosa dos seguidores fanáticos do “politicamente correto”.

Se todas as profissões passam inexoravelmente por professores, que apesar de seu empenho e valor recebem salários minguados, porque negar esse direito? Porque fazer política e almejar autoria indevida dessa decisão Federal?

A explicação talvez esteja na decisão de que em tempos atrás, quando a grande maioria elegeu para presidente um indivíduo que nunca passou pela escola. Não leu sequer um livro e ainda conseguiu o milagre de ser amado por filósofos ociosos e improdutivos mamando nas tetas do governo, meros parasitas.  Responsáveis diretos pelos alunos alienados, adestrados a odiar os que trabalham enriquecem e geram empregos. O “X” da questão!

Guto de Paula

related posts

Deixe um comentário