Início Crônicas NÃO PRECISO MAIS TER BOCA

NÃO PRECISO MAIS TER BOCA

por @CSFC

A autoria é desconhecida, pertence ao domínio popular, todavia não é preciso ter boca para ir a Roma. O Ministro da Cidadania João Roma veio até nós. Trazendo os documentos prometidos por mais de 20 anos e até então jamais entregues. Os Títulos de Propriedade para milhares de posseiros que sonhavam em regularizar suas áreas nos assentamentos.

Um momento que os contrários já estão considerando como politicagem de ano eleitoral, mas que na realidade correspondem a um estudado processo de inclusão social. Concedendo as famílias de pequenos agricultores seus títulos definitivos de propriedade.

João Solução Roma, como os mais chegados já o apelidaram, chega em Barreiras com sua equipe de trabalhos e junto ao Superintendente do INCRA, Paulo Emanuel procedem de forma simbólica a entrega desses documentos. Verdadeira alforria para essas familiais que viviam até então de promessas e eram arrebanhados para manifestações de protestos. Utilizados como massa de manobra dos que apenas tinham promessas e jamais uma solução.

Água para o Nordeste, rodovias e pontes sendo construídas, ferrovias integrando os portos marítimos as áreas de produção e agora Títulos de Propriedade para assentados, parece sim ações politiqueiras, caso não fossem necessárias, prioritárias e indispensáveis para toda a população.

Munidos de documentos definitivos, a possibilidade de financiamento passa ser real e esses pequenos agricultores conseguirão através de projetos melhorar consideravelmente sua situação de vida. Participar inclusive do mercado produtivo que é objetivo do Ministro Roma para dar oportunidades e condições competitivas aos pequenos agricultores.

A estratégia do governo federal está destruindo todas as narrativas produzidas na velha mídia consorciada que já está encontrando enormes dificuldades em apenas omitir o que é positivo. Os ministros são técnicos, não mais indicações de partidos para incompetentes. Isso gera ações, movimentos, obras e construções que apenas aparecem nas redes sociais. Para esses fatos, não existe possibilidade de argumentação e só resta aos insatisfeitos, omitir e tentar esconder um Brasil que não querem enxergar. Mas, existe e está tomando volume e representatividade que não é mais possível esconder.

Guto de Paula

related posts

Deixe um comentário