segunda-feira , 20 maio 2019
Home / CentralSFC / Central São Francisco / São Desidério realiza o 1º seminário sobre o combate e prevenção às drogas lícitas e ilícitas

São Desidério realiza o 1º seminário sobre o combate e prevenção às drogas lícitas e ilícitas

O coletivo organizado de psicólogas(os) de São Desidério, com o apoio da Prefeitura Municipal, realizou o 1º Seminário a Drogadição em Tempos de Cólera: Repensando o Tema na Perspectiva da (re)Inserção Social. O evento contou com a presença do prefeito Demir Barbosa, deputado estadual Tom Araújo, vereadores, secretária da saúde Sandra Macedo e representantes da área de saúde, profissionais da educação e estudantes, profissionais da assistência social e representantes da sociedade civil. Além da marcante presença dos palestrantes Dr. Reginaldo de Souza Silva, mestre e psicóloga Débora Ferraz de Oliveira e o Dr. Paulo César Duarte Paes.

O seminário tem o objetivo de promover reflexões sobre a drogadição no município de São Desidério, a fim de lançar novos olhares sobre a forma de lidar com usuárias(os) de álcool e outras drogas, construindo assim, propostas a serem encaminhadas ao poder público para orientar e/ou criar políticas municipais a serem desenvolvidas com usuárias(os), famílias e sociedade.

De acordo com o Relatório Anual da Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes – JITE, apresentado pelo palestrante, professor e doutor, Reginaldo de Souza Silva, aponta que estudo realizado em 2010 pela Confederação Nacional dos Municípios informa que, 71% dos municípios brasileiros enfrentam problemas com drogas.

O Doutor Reginaldo abordou o tema Drogadição no Brasil: Combater ou Prevenir?  “Quero parabenizar o município de São Desidério por esta iniciativa e dizer que o uso de drogas é um problema internacional e o Brasil ainda está muito atrasado no debate e discussão sobre isso, mas em primeiro lugar é fundamental que o município se mobilize e faça um evento desta magnitude trazendo a população e os órgãos oficiais para juntos pensarem numa forma de combater e prevenir contra o uso de drogas, isso é, uma forma de o poder público se posicionar e pensar numa saída, esse seminário é importante para sabermos quais os danos e possibilidades de redução dos mesmos”, assegura.

Para o prefeito Demir Barbosa, “os poderes público executivo e legislativo, os órgãos competentes, as comunidades e igrejas, todos nós precisamos estar lutando juntos em prol de uma causa nobre que é a prevenção e o combate às drogas. Que neste dia possamos reconhecer os problemas causados pelo uso das drogas e o mais importante; aprendermos a enfrentar e atuar na prevenção e no combate ao uso”, afirma.

A psicóloga Emmila Di Paula Santos, afirma que para o coletivo de psicólogas(os), “é amplo o desejo de lutar pela promoção de direitos humanos, em clara consonância com os movimentos sociais e com a extinção de qualquer forma de violência, negligência, crueldade e opressão”, disse.

O 1º Seminário a Drogadição em Tempos de Cólera, contou com palestras, declamação de poesia, depoimentos de familiares que passam por problemas com entes queridos, debates e a construção de propostas para apreciação do poder público.

 Ascom SD

Além disso, verifique

AUTISMO EM DESTAQUE

O autismo é um distúrbio neurológico caracterizado por comprometimento da interação social, comunicação verbal e ...