sexta-feira , 19 julho 2019
Home / CentralSFC / Central São Francisco / São Desidério realiza o 1º seminário sobre o combate e prevenção às drogas lícitas e ilícitas

São Desidério realiza o 1º seminário sobre o combate e prevenção às drogas lícitas e ilícitas

O coletivo organizado de psicólogas(os) de São Desidério, com o apoio da Prefeitura Municipal, realizou o 1º Seminário a Drogadição em Tempos de Cólera: Repensando o Tema na Perspectiva da (re)Inserção Social. O evento contou com a presença do prefeito Demir Barbosa, deputado estadual Tom Araújo, vereadores, secretária da saúde Sandra Macedo e representantes da área de saúde, profissionais da educação e estudantes, profissionais da assistência social e representantes da sociedade civil. Além da marcante presença dos palestrantes Dr. Reginaldo de Souza Silva, mestre e psicóloga Débora Ferraz de Oliveira e o Dr. Paulo César Duarte Paes.

O seminário tem o objetivo de promover reflexões sobre a drogadição no município de São Desidério, a fim de lançar novos olhares sobre a forma de lidar com usuárias(os) de álcool e outras drogas, construindo assim, propostas a serem encaminhadas ao poder público para orientar e/ou criar políticas municipais a serem desenvolvidas com usuárias(os), famílias e sociedade.

De acordo com o Relatório Anual da Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes – JITE, apresentado pelo palestrante, professor e doutor, Reginaldo de Souza Silva, aponta que estudo realizado em 2010 pela Confederação Nacional dos Municípios informa que, 71% dos municípios brasileiros enfrentam problemas com drogas.

O Doutor Reginaldo abordou o tema Drogadição no Brasil: Combater ou Prevenir?  “Quero parabenizar o município de São Desidério por esta iniciativa e dizer que o uso de drogas é um problema internacional e o Brasil ainda está muito atrasado no debate e discussão sobre isso, mas em primeiro lugar é fundamental que o município se mobilize e faça um evento desta magnitude trazendo a população e os órgãos oficiais para juntos pensarem numa forma de combater e prevenir contra o uso de drogas, isso é, uma forma de o poder público se posicionar e pensar numa saída, esse seminário é importante para sabermos quais os danos e possibilidades de redução dos mesmos”, assegura.

Para o prefeito Demir Barbosa, “os poderes público executivo e legislativo, os órgãos competentes, as comunidades e igrejas, todos nós precisamos estar lutando juntos em prol de uma causa nobre que é a prevenção e o combate às drogas. Que neste dia possamos reconhecer os problemas causados pelo uso das drogas e o mais importante; aprendermos a enfrentar e atuar na prevenção e no combate ao uso”, afirma.

A psicóloga Emmila Di Paula Santos, afirma que para o coletivo de psicólogas(os), “é amplo o desejo de lutar pela promoção de direitos humanos, em clara consonância com os movimentos sociais e com a extinção de qualquer forma de violência, negligência, crueldade e opressão”, disse.

O 1º Seminário a Drogadição em Tempos de Cólera, contou com palestras, declamação de poesia, depoimentos de familiares que passam por problemas com entes queridos, debates e a construção de propostas para apreciação do poder público.

 Ascom SD

Além disso, verifique

Algodão baiano na estratosfera

Os estudantes da escola Maria Edith Rhoden no distrito de Roda Velha, em São Desidério, ...