segunda-feira , 19 agosto 2019
Home / CentralSFC / Central São Francisco / Oportunidade para a Bahia: construção de navios para a Marinha pode botar Enseada em atividade

Oportunidade para a Bahia: construção de navios para a Marinha pode botar Enseada em atividade


A FIEB promove, no dia 12 de março, um encontro de lideranças empresariais interessadas em participar, com o Consórcio Villegagnon, da construção de quatro navios de guerra para a Marinha do Brasil. O grupo é um dos quatro classificados para a última etapa de uma licitação, cujo resultado está previsto para o dia 22 deste mês. No evento, fornecedores interessados vão conhecer o projeto que, caso vença a disputa, vai botar em operação o estaleiro Enseada Indústria Naval, gerando cerca de dois mil empregos ao longo de sete anos.
O Consórcio Villegagnon, composto pelo Naval Group, Mectron e Estaleiro Enseada, este localizado no município de Maragojipe-BA, apostam na Gowind 3000 para a concorrência das Corvetas Classe Tamandaré (CCT). Trata-se de um navio de alta complexidade, já em uso pela Marinha do Egito, que possui um deslocamento de 3.150 toneladas, 111 metros de comprimento, 16 metros de boca, uma velocidade máxima continua ≥25 kts e uma perspectiva de vida útil de 30 anos ou mais. O projeto tem valor estimado de R$ 6 bilhões.
No evento, estarão presentes representantes do governo do estado, da Embaixada da França no Brasil, dirigentes da FIEB e do SENAI Cimatec, o diretor-presidente da Naval Group, Eric Berthelot, o presidente do Estaleiro Enseada, Maurício Almeida, o diretor de Desenvolvimento de Negócios do Enseada, Ruffo Chiconelli, e o diretor de Contratos da Mectron, Flávio Fonseca.
Portal da Industria FIEB

 

Sobre Central São Francisco

Além disso, verifique

O campeão dos campeões

Um Bate Papo descontraído e curioso com um dos maiores atletas da nossa região, ele ...