quinta-feira , 18 abril 2019
Home / CentralSFC / Central São Francisco / Mais uma nascente foi recuperada em Barreiras

Mais uma nascente foi recuperada em Barreiras

A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo, vem nos últimos anos intensificando os esforços necessários para que o município aumente a cada dia o número de nascentes em recuperação. Ao todo, foram catalogadas em campo mais de 50 nascentes, dentre elas foram diagnosticadas 20, que já estão recebendo os serviços de recuperação hidroambiental, conforme o plano de trabalho elaborado pelo o poder público em parceria com os produtores rurais da região, por meio de Parceria Público – Privada.
Para manter o ritmo de atividades, foi realizado no início de março, mais um curso de recuperação de nascentes voltado aos técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, estudantes e membros do 4º Batalhão de Engenharia e Construção – 4º BEC/Batalhão General Argolo. Ao final do curso, mais uma nascente foi recuperada no município de Barreiras.
Desta vez, a comunidade de Tabua da Água Vermelha foi escolhida para receber a atenção das equipes, fruto de uma parceria firmada com os agricultores da região por meio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) com a participação dos moradores das localidades participantes.
“Mais uma fez, foi adotado em Barreiras o método “Caxambu” para recuperação de nascentes, que consiste em limpeza do local e construção de uma espécie de caixa protetora com pedras e argila, evitando o acesso ao “veio d´água”, e onde geralmente se trata a água, por meio de cloro, para que os moradores beneficiados possam ter mais segurança no consumo”, explicou o secretário de meio ambiente e turismo, Demósthenes Junior.
O Presidente da ABAPA, Júlio Busato, comemorou os resultados do projeto. “Esse projeto está se tornando uma referência em todo o Brasil, através dessa sólida parceria com o poder público municipal, na qual vem se multiplicado em todos os segmentos dispostos a proteger e recuperar as nascentes de nossa região”, afirmou.
Ainda de acordo com o secretário Demósthenes Junior, que também é o Presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande, o objetivo deste trabalho é aumentar a produção de água no município, proporcionando o aumento da recarga dos rios da Bacia hidrográfica do Rio Grande. “Este trabalho visa proporcionar o aumento da quantidade e qualidade de água da sub-bacia do Rio Grande que é uns dos maiores contribuintes do Rio São Francisco”, finalizou.
DIRCOM/Barreias


Além disso, verifique

25 milhões na economia do município

     O Barreiras Folia 2019 se despede com um saldo altamente positivo para a ...