quarta-feira , 26 junho 2019
Home / CentralSFC / Central São Francisco / Dia do Algodão em São Desidério

Dia do Algodão em São Desidério

Está quase tudo pronto para o Dia do Algodão, que será realizado neste sábado, dia 15 de junho, às 7h30. Organizadora do evento, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) está montando uma infraestrutura no campo para receber agricultores, gerentes de fazendas, técnicos, consultores, pesquisadores, estudantes e interessados na cadeia produtiva do algodão. O evento vem sendo organizado na Fazenda Sete Povos, distrito de Roda Velha, em São Desidério, e já nasce para se tornar uma referência do setor agrícola na Bahia.

O credenciamento começará a ser realizado às 7h30, e as visitas às estações técnicas serão iniciadas depois do café da manhã, às 8h30. O presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato, abrirá os trabalhos com as boas vindas, juntamente com os demais presidentes das entidades representantes da agricultura baiana. A programação segue com as estações técnicas nas áreas de Biotecnologia, que vai levar aos participantes novas tecnologias em sementes; Fitossanidade, com a demonstração de estratégias de manejo e controle de tigueira e soqueiras de algodão, e do bicudo do algodoeiro; e de Pesquisa, para disseminação dos resultados dos estudos sobre monitoramento e manejo de doenças e pragas no Oeste da Bahia.

À parte das estações técnicas, o Dia do Algodão vai realizar uma palestra para os convidados com o tema Mercado e Logística de Algodão, com representante da Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea), Ariel Coelho; e com o subsecretário de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Economia, Rogério Boueri Miranda, sobre as políticas públicas que vem sendo desenvolvidas para a cotonicultura brasileira. O Dia do Algodão vai contar também com a presença do presidente da Frente Parlamentar da Agricultura e Pecuária (FPA), Deputado Federal Alceu Moreira, que vai fazer um pronunciamento e ouvir as demandas dos cotonicultores baianos.

Para o presidente da Abapa, Júlio Busato, o evento vem para se tornar um dos maiores da cotonicultura baiana e uma referência para o setor agrícola. “Além do conhecimento, este Dia será marcado como um espaço de interação para que os cotonicultores, consultores e todos aqueles ligados ao setor agrícola venham e se sintam à vontade com a sua família e amigos, conhecer e trocar informações com os representantes das tradings, indústrias compradores de algodão e caroço, fornecedores de insumos, representantes do sistema financeiro enfim, todos os integrantes da cadeia do algodão. Queremos que seja um momento para celebrar o início desta colheita mas já pensando em como tornar ainda mais produtiva e rentável a próxima safra para o produtor baiano”, afirma.

Segundo a Abapa, esta safra deve ter um crescimento de 15% na produção em relação ao ano passado baseado no incremento de 25,5% de área cultivada, principalmente na região Oeste da Bahia, alcançando os 331.028 mil hectares. O Dia do Algodão vai contar com uma infraestrutura no campo com as quatro estações temáticas, amplo auditório, espaço de convivência com a presença das empresas expositoras, espaço mulher, e atração musical ao final. As inscrições para o Dia do Algodão são gratuitas e ainda podem ser realizadas online diretamente no site www.abapa.com.br.

Assessoria de Imprensa Abapa

Além disso, verifique

Arraiá do Parque 2019

O Arraiá do Parque,  acontece de 20 a 23 de junho no Parque de Exposições ...