quarta-feira , 26 junho 2019
Home / CentralSFC / Central São Francisco / Água de Cheiro, pipoca e tambor viva Iemanjá

Água de Cheiro, pipoca e tambor viva Iemanjá

Em Barreiras como acontece todos os anos o cortejo para homenagear a rainha das águas foi navegando sobre as águas do Rio Grande, que está cheio, devido ao volume de chuvas que têm caído em nossa região. Uma linda festa que reúne todos os terreiros de Candomblé da cidade.
Água de Cheiro, pipoca e tambor.
Dia 02 de fevereiro dia de Iemanjá, a poderosa Rainha do Mar, para espíritas e católicos em geral.
Protagonista de milhões de lendas, Iemanjá se multiplica em várias versões e se transforma de acordo com a cultura. Chegou ao Brasil nos tempos coloniais, trazida pelos escravos. Em terras africanas era a deusa do rio Ogun, rainha das águas doces. “Entre nós, ela se tornou a rainha do mar”, segundo os antropólogos. Os cabelos negros, os traços delicados e os seios fartos sintetizam na bela divindade o arquétipo da maternidade. Pois é esse seu grande valor: acolher a todos que lhe pedem ajuda, sem julgar nem minimizar a dor de ninguém, fé brasileira.

Além disso, verifique

Casa Bela e Pró-Água na zona rural de São Desidério

“Nem eu nem meus filhos tínhamos sequer documentos e há 11 anos morávamos em uma ...