sábado , 25 maio 2019
Home / CentralSFC / Central São Francisco / Agricultores familiares aprendem a vender para o governo no campo

Agricultores familiares aprendem a vender para o governo no campo

Com o intuito de tornar os negócios no campo mais competitivos e inovadores, o Sebrae realiza, no próximo dia 8 de abril, em Serra do Ramalho, Oeste da Bahia, a oficina “Vender para o Governo no Campo”. O evento, que é gratuito, é destinado a agricultores familiares e pequenos empreendedores rurais. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas na Loja Virtual do Sebrae (http://www.lojavirtual.ba.sebrae.com.br/loja/evento/26110680

Vender para o governo No Campo – Serra do Ramalho #oSebraeTem
Câmara de Vereadores – 08/04/19 – 19:00 as 21:00 – Já me inscrevi!
www.lojavirtual.ba.sebrae.com.br
). As vagas são limitadas.

A capacitação tem o objetivo de fornecer ao agricultor familiar noções básicas sobre o processo de comercialização através do mercado institucional, via editais dos órgãos públicos. A programação vai contar com os temas: agricultura familiar – produção X mercado; vantagens em vender para os órgãos públicos; principais programas e iniciativas de compras governamentais; e instrumentos necessários para a comercialização da produção junto ao mercado institucional.

O gerente Regional do Sebrae em Barreiras, Emerson Cardoso, que atende todo o Oeste da Bahia, explica que as oficinas do projeto No Campo ajudam a profissionalizar o negócio rural, unindo o conhecimento técnico às experiências familiares.

“A ferramenta possibilita interagir com os produtores e entidades rurais representativas, conhecer suas demandas e pensar juntos ações planejadas, que tragam resultados nos negócios”, frisa.

No Campo

O projeto oferece uma série de ações para apoiar o desenvolvimento dos pequenos negócios rurais. Com o No Campo, o participante aprende a administrar sua propriedade rural, melhorar o comércio de seus produtos agropecuários e entender como o empreendedorismo, a liderança e a gestão podem promover o êxito do negócio.

No âmbito do projeto, o produtor pode participar de cursos presenciais, oficinas, consultorias e palestras. As oficinas possuem três, quatro ou oito horas de duração e tratam de diversas informações que o empreendedor pode utilizar imediatamente no seu empreendimento.

Nas consultorias, especialistas do Sebrae customizam soluções exclusivas para o problema apresentado, avaliando oportunidades, cenários, custos, riscos e outros fatores que possam interferir no aumento do seu lucro.

Já nas palestras, o participante recebe dicas para aprimorar a gestão e organização de sua propriedade rural.

Eixos de atuação

As soluções estão agrupadas em cinco eixos: Gestão, Empreendedorismo, Associativismo, Liderança e Comercialização. Na temática Gestão, estão agrupadas as oficinas Atender Bem No Campo, Negociar No Campo, Controlar Meu Dinheiro No Campo, Custos Para Produzir No Campo e Gerenciar No Campo.

Em Empreendedorismo, o participante conta com as oficinas Empreender No Campo e Jovem Empreendedor no Campo. No que se refere ao Associativismo, o No Campo oferta o kit Juntos Somos Fortes Agronegócio e o curso Redes Associativas.

No eixo Liderança, há a oficina Liderar No Campo. Comercializar No Campo, Vendas Diretas No Campo e Vender para o Governo No Campo são as soluções na área de Comercialização.

Agência Sebrae de Notícias Bahia

 

Além disso, verifique

1º Seminário Mulheres do Agro na 15ª edição da Bahia Farm Show

Cada vez mais antenadas e inseridas no mundo dos negócios, as mulheres do campo também ...